domingo, 27 de janeiro de 2008

"(...) poucos seguem o caminho que lhes está traçado, e que é o caminho da Lenda Pessoal e da felicidade. A maioria acha o mundo uma coisa ameaçadora -e por causa disso o mundo torna-se uma coisa ameaçadora. Então nós, os corações, vamos falando cada vez mais baixo, mas não nos calamos nunca. E torcemos para que as nossas palavras não sejam ouvidas: não queremos que os homens sofram, porque não seguiram os seus corações."

(Pág. 193)

Sem comentários:

Enviar um comentário