segunda-feira, 10 de agosto de 2009

My secrets...


... will remain untold to those who have no love inside their hearts... not that I don't want to spread them all around the world, no... I wish I could do so... it's just that those unpure ears are not ready to ear... and surely will misunderstand all my words...

14 comentários:

  1. Ola Doll...já tinha saudade de te ler...hummm cantinho novo;)GOSTEI:)
    Bem o meu ingles não é o meu forte...mas vou tentar te comentar..:interpretar mal o que queremos dizer...ou não...tudo ficará resolvido se nos deixarem explicar...para que possam tirar as duvidas...
    Beijo de um anjo

    ResponderEliminar
  2. Sonho, que bom que isto por aqui agrada! Eu acho que sim, normalmente falar frontalmente, sem subterfúgios, é um excelente remédio para mal entendidos!! :)

    O problema é quando não há mal entendidos... e apenas pessoas que não sabem lidar com a verdade... que utilizam a mentira a seu bel prazer... vá-se lá saber porquê... um dia, quando realmente tentarem e prcisarem dizer a verdade, ninguém acreditará neles... ;) Quem tem a bênção de ter grandes qualidades devia respeitá-las... e utilizá-las de uma forma positiva. De qualquer forma, acho que vale sempre a pena tentar... afinal, tudo vale a pena... se a alma não for pequena!! ;)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Que bom que as mudanças agradam... :) Beijinhos, obrigada por teres vindo!

    ResponderEliminar
  4. Em inglês, como em português... gostei! :) Boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Por vezes é o melhor a fazer. E repito, por vezes! Existem pessoas que, à partida, parecem ideais para receber o nosso mundo/visão e o nosso coração nas suas mãos, mas logo cedo se revelam erros de casting.

    ResponderEliminar
  6. Caro amigo árabe: isso é fantástico, obrigada! :)

    Boa semana!

    ResponderEliminar
  7. Afonso: neste mundo, estamos todos "no mesmo barco"; tal com dizem algumas religiões, e eu aí concordo, "somos todos irmãos". Por isso, temos obrigações uns para com os outros, não podemos simplesmente virar as costas ao demais. Os nossos segredos, por vezes, podem ajudar as outras pessoas, pelo que não convém mantê-los fechados... é triste quando sentimos que do outro lado alguém nos escuta formulando ideias que não são correctas e, ao invés de tentar confrontá-las, resolve agir com base nessas pré-concepções que formulou. Ninguém é ideal, todos temos defeitos; o que distingue as pessoas com quem realmente vale a pena partilhar os nossos segredos é a vontade de se tornarem pessoas melhores... e a noção de que isso passa por se ter, progressivamente, cada vez mais em conta os sentimentos dos outros... que isso passa por uma compreensão e uma compaixão cada vez maiores... se acreditarmos que por meios negativos conseguiremos alguma coisa positiva, então estamos face a algo que nos leva a um ciclo vicioso, a partir do qual dificilmente conseguiremos evoluir... e a felicidade resumir-se-á, de facto, a momentos, instantes, e não a um permanente estado de alma... :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente há muitas pessoas que não sabem aceitar a verdade. Há pessoas que complicam tudo ... apenas porque não conseguem aceitar , escutar e dizer a verdade.

    ResponderEliminar
  9. Ahhh :)

    E eu que te julgava desaparecida!

    Tenho que voltar para ver tudo com calma... mas já vou guardar o teu novo espaço (muito bonito!) na minha barra lateral.

    Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  10. A.: a verdade... é muitas vezes difícil de distinguir... mas muitas vezes mesmo distinguindo a verdade e conhecendo as coisas, sabendo como elas são, insistimos em fazer aquilo que sabemos estar errado... é mau, isso... ;) É a vida...

    ResponderEliminar
  11. Ana Paula: eheheh, e ainda não viste nada!! Prepara-te para enormes revoluções por aqui!! ;) Eu não desapareço facilmente, linda... embora às vezes tenha vontade... :)

    Obrigada por vires, eu também vou colocar o teu blog aqui de lado, mal tenha oportunidade!! Não está já por acaso, porque as mudanças foram tantas que acabei por perder um pouco o fio à meada!! ;)

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  12. A verdade da verdade, a verdade da mentira...
    Beijito.

    ResponderEliminar
  13. Secreta: a verdade da mentira? Curioso... eu poderia jurar que não existe verdade na mentira... mas existe, sei que assim, até porque para a mentira ser segura e atingir profundidade, tem de trazer à mistura, algo de verdade, já dizia o nosso poeta. É interessante não ser demasiado rígido quanto às mentiras, já que, na verdade, se formos ver, mesmo a realidade em que estamos submersos, não passa toda ela de uma grande mentira. No entanto, há uma realidade que é comunmente aceite e seja para nos opormos a ela, seja para procurarmos transcendê-la, convém ter sempre a noção dela. Convém não perder o contacto com ela, ou as nossas acções em vez de conscientemente loucas, tornam-se em inconscientemente loucas, e isso pode ser verdadeiramente perigoso, sobretudo para as pessoas que nos rodeiam e não têm culpa de certas maluqueiras... :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar