sábado, 26 de setembro de 2009

Salvação


No preciso momento que partimos em busca do amor, também ele parte ao nosso encontro.

E salva-nos.


( Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei, Paulo Coelho)


O amor é a mais transcendente de todas as experiências meditativas... e não precisa de uma cara metade ou de alguém maravilhoso para se manifestar... ele existe denntro de nós, para senti-lo apenas precisamos procurá-lo dentro de nós... tudo o que existe neste mundo merece o nosso amor...

2 comentários:

  1. AMOR somos nós em toda a nossa manifestão, desde que se deixe sair assim como entrou nos nossos corações.

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  2. Amiga... é isso mesmo... quanto menos resistências oferecermos, tanto mehor! :) Mas o problema é o equilíbrio, porque supostamente quando ele sai, deve sair "coado" pela nossa identidade... ;)

    Beijinho grande!

    ResponderEliminar