terça-feira, 27 de outubro de 2009

O Poder da Meditação, Manon Arcand - Representantes de Deus


A compreensão que devíamos dar a Deus demos também aos seus representantes religiosos que supostamente eram modelos de harmonia e paz. Acreditámos nessas pessoas que, por vezes, traíram a nossa confiança, por intolerância ou abuso de poder. Então, tornámo-nos cépticos, desconfiados, conservando apenas uma vaga fé numa força superior de que raramente falamos.
Tentar compreender racionalmente o absoluto é como tentar conhecer o gosto de um fruto sem nunca o provar (…).
(...)
A meditação é um processo, uma via preparatória para “provar” o divino que somos fundamentalmente, para tomarmos pessoalmente consciência desta realidade.

2 comentários: