sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Verdade



Dizem os chineses: Se precisar disparar a flecha da verdade, primeiro molhe a sua ponta no mel.

(Paulo Coelho)

A verdade é um tesouro muito precioso... todos nós temos um pouco dessa verdade... e quanto mais verdade, mais poderosa... e perigosa... é preciso responsabilidade, pois se a utilizarmos da forma errada, o mais fácil será que se vire contra nós... e quem usa a verdade para magoar, é porque não percebe assim tanto acerca dela... quanto mais nos aproximamos da verdade, melhor percebemos o quão ínfimos somos... mais aumenta a nossa humildade... mas o nosso poder também.

14 comentários:

  1. molhar a ponta da flecha as vzs é preciso, adoreei!

    beijos.

    ResponderEliminar
  2. Caríssima,


    Aí está um (aparente) paradoxo interessante :)


    Beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  3. Concordo sim.
    A verdade é esta, de que somos ínfimos mas que isso não seja aval para aceitarmos mentiras intencionadas.
    Somos TODOS ínfimos, portanto, que vivamos com a dignidade de sermos verdadeiros no calar - melhor do que mentir.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Lua: a verdade com frequência pode doer... é por isso que é preciso que requer ponderação utilizá-la... é por isso que se realmente queremos ajudar uma pessoa, não devemos começar por criticá-la, mas sim tentar aceitá-la como ela é, tentar perceber o seu ponto de vista... e depois de aceite, talvez possamos começar a dar a nossa opinião no sentido de ajudar... mas quem quer realmente ajudar, não se vai colocar a pessoa na defensiva... quem quer ajudar fala de forma a não criar resistências, a que a sua mensagem passe se forma eficaz... e para isso não devemos ter o sistema imunitário da outra pessoa activado... não ajuda nada!! Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  5. Freya: sim, um paradoxo aparente... já que a verdade não tem necessariamente que ser dolorosa... muito pelo contrário; a mim a verdade sempre me pareceu melhor do que as visões mais optimistas... :) Qualquer visão optimista não atinge o grau de perfeição da verdade... é lindo quando a sentimos... mais do que conhecê-la é senti-la e vivê-la no nosso dia a dia, não de forma absoluta, mas cada dia mais próximo... já que a nossa condição humana não nos deixa atingi-la totalmente...

    ResponderEliminar
  6. Bárbara... calar, mentir... falas de duas realidades interessantes e por vezes, em certas situações, até necessárias, mas... acabas por tentar escolher entre dois males qual o menor... falar é dar-nos... expôr-nos é um acto de profunda generosidade, já que nos percebemos melhor, também, através dos outros... expôr a nossa diferença é contribuir para um mundo mais rico e verdadeiro, melhor... a nossa missão neste mundo é, antes de mais, sermos verdadeiros ara connosco mesmos... sermos autênticos ao máximo!! A opinião alheia não conta... cada um fica com a sua consciência e quem profere palavras maliciosas contra a verdade acerca dos demais, contra quem tem a coragem de se mostrar tal como é, terá certamente o retorno dessa atitude... e quem tiver a coragem e a honestidade de se assumir, terá certamente o retorno disso também... que por vezes pode parecer amargo ao início... mas com o tempo acabam a ter que nos engolir tal e qual como somos!! :D É preciso conquistar o nosso espaço diariamente... e isso consegue-se mostrando a nossa DIFERENÇA dos demais!!

    ResponderEliminar
  7. Olá..qto tempo né..dei uma sumida,mas não eskeci das pessoas especiais...nossa que filosofia de vida li ae,bjos..bjos!!!

    ResponderEliminar
  8. Muitas vezes me deparei com essa dúvida existencial..será que é verdade? uma duvida que sempre fez balançar a minha noção de confiança..Mas sempre fui muito honesto, apesar de ser muitas vezes obrigado a não dizer toda a verdade, mais por protecção, defesa ou por um chamado "bem maior"..
    Cresci com os valores intrínsecos de verdade, justiça e igualdade, pelo que aceitar o poder que ela traz fez de mim sempre uma pessoa melhor.

    Yours trully

    PG

    ResponderEliminar
  9. Sel: por aqui muita, muita filosofia!! E lá por que não é dos antigos falantes de latim, não significa que não tenha muito valor também!! Os ensinamentos simples e despretenciosos são, por vezes, os mais verdadeiros e importantes!!

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  10. PG: não contar a verdade em virtude de um bem maior... é interessante... mas a verdade é como uma camada de solo à qual outras se sobrepõem... ou nós mesmos nos encarregamos de sobrepor... ela não deixa de existir por isso... e a chuva, o vento, o tempo, encarregar-se-ão de trazê-la ao cimo... não digo que isso não deva ter a altura certa e a preparação de espírito certa... mas convém ir pensando nessa inevitabilidade... e estar preparado... ;)

    ResponderEliminar
  11. Doí mais uma mentira piedosa...que uma verdade absoluta...
    Beijo de um anjo

    ResponderEliminar
  12. Sonho: ... agora é que disseste uma ENORME verdade!! Acho a mentira piedosa uma enorme falta de respeito... mesmo quando estamos a penas a tentar caminhar para contar a verdade... eu costumo preferir mesmo a verdade... sempre!!

    ResponderEliminar
  13. Não podia estar mais de acordo com este post...mas infelizmente existe muita gente que não a utiliza devidamente...beijinhos e desejos de um dia cheio de Sonhos...

    ResponderEliminar
  14. Pois é... o importante e tentar... o problema é quando não se tenta minimamente ter cuidado com a verdade... além de que por vezes é necessário, de facto, não revelar toda a verdade... enquanto se molha a flecha no mel... podem-se ir omitindo algumas coisas... mas com cuidadinho... ;) Felicidades!

    ResponderEliminar