segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Amor, Liberdade e Solidão - Osho - Criticar


Pág.17

“Por isso, as pessoas são excelentes críticos das fraquezas alheias. Encontram falhas em si próprias – como podem evitar encontrar falhas nos outros? De facto, encontram-nas e ampliam-nas, tornam-nas o maior possível. Parece ser a única saída; o único modo para salvar a face, você tem de o fazer. Por isso há tanta crítica e tanta falta de amor.”
As pessoas precisam sentir-se bem com elas mesmas, seja a que preço for... nem que seja constantando as fraquezas alheias... contentam-se com pouco; é um alívio momentâneo apenas, que apenas leva a que nos sintamos cada vez pior connosco mesmos... como uma droga...

4 comentários:

  1. Ola
    Há certas pessoa que se sentem realizadas em julgar e criticar os outros...em vez de olharem para a sua propria vida...que por vezes é cheia de futilidades...e teem que se enterter com algo...criticar os outros...
    Beijo de um anjo

    ResponderEliminar
  2. O que é a pior maneira de ser..ainda bem que n preciso de ser assim...tenho estado ausente mas não me esqueço de aqui espreitar...beijinhos com muitos Sonhos..

    ResponderEliminar
  3. Sonho: é verdade; muitas vezes criticamos por uma questão de afirmação pessoal, para nos sentirmos melhores que os demais. Creio que só devemos de facto criticar num sentido positivo, na tentativa de ensinar a outra pessoa alguma coisa da nossa experiência, algo que deve ser feito com a devida humildade, de forma muito particular se não existe da outra parte qualquer acção que nos prejudique directamente. Quando as acções alheias interferem directamente na nossa liberdade, aí ganhamos direitos um pouco diferentes, nomeadamente, o direito à crítica. Mas, a meu ver, apenas nessa situação.

    ResponderEliminar
  4. Angel: de facto é triste afirmar-nos à custa dos outros... procurar construir a nossa "felicidade" (que só pode ser falsa), à custa da dos outros, destruindo o seu bem estar, defraudando, traindo a confiança. Muitas vezes de forma propositada; muitas pessoas não têm capacidade para suportar um bom relacionamento, já que as abriga a abrir-se e a expôr-se e algumas pessoas têm tanta vergonha de si mesmas que quando se apercebem que isso está a suceder, fazem algo para quebrar os laços que se querem criar. é exactamente como diz no texto de Osho - é como uma droga, que só faz afundar cada vez mais.

    ResponderEliminar