domingo, 20 de dezembro de 2009

Reencarnação


Não acredito simplesmente em reencarnação; a questão é que quanto mais leio, mais lhe reconheço coerência interna, como teoria. Antes de acreditar em reeencarnação, sempre achei esse um modelo demasiado simplista e achava que aquilo que nos espera após a morte é algo bastante mais complicado, pelo menos, lá está, para o nosso entendimento. Mas alguma meditação (muita, horas a fio...) e algumas leituras, levaram-me a progressivamente a perceber um pouco mais. É certamente algo que não transcende o nosso entendimento, ao contrário do que eu por vezes pensava, mas continuo a reconhecer-lhe um grau de complexidade muito grande, que conseguiremos apenas atingir se tivermos também um certo grau de trabalho a esse nível, como em tudo na vida; mas isso só se dá também quando no nosso espírito estamos prontos para que isso ocorra...

4 comentários:

  1. Eu acredito sim na reencarnação... acredito que já ando aqui há muito milhões de anos... simplesmente acredito, porque é isso que o meu coração me faz acreditar.

    Já não passava por aqui há muito tempo, mas gostei... principalmente da música duma das minhas cantoras preferidas e que muito me marcaram na juventude (Enya).

    Desejo-te um Natal feliz... em todos os dias do ano, porque o verdadeiro espírito do Natal reside em nós e pode-se expressar nos 365 dias do ano, em qualquer espaço, tempo...

    Beijinhos de Amor, Luz, Paz e Harmonia,
    Ritinha
    (Angel of Light)

    ResponderEliminar
  2. Angel of Light: gostei imenso do teu blog da primeira vez que lá fui; quer em termos visuais, quer em termos do conteúdo, senti vibrações positivas emanando dali. Entretanto a reencarnação é, para mim, certamente, algo de bem lógico e palpável que, infelizmente permanece no campo das especulações e algo acerca do qual se fala como se fosse algo que tivesse alguma coisa a ver com crenças, fé, enfim. Creio que se trata de um fenómeno que, se devidamente estudado, tal como tantos outros ao longo da história da ciência, conseguiria de forma relativamente simples ser provado. Este fenómeno é, aliás, ponto mais que assente para muitos povos orientais e eu creio que deveria ser alvo de atenção por parte da comunidade científica ocidental.

    Acho que tens um excelente gosto musial!! ;)

    Boas Festas para ti também!

    ResponderEliminar