quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Amor, Liberdade e Solidão, Osho - Despertar


Pág.73

“Pela vossa maneira de viver, quase adormecidos (…) Enquanto dorme precisa do amor de alguém – precisa dele, mesmo sendo falso. Aproveite-o! Não fique ansioso. E tente ficar cada vez mais desperto.”

Pág.74

“Quando está você desperto, um tipo de amor completamente diferente crescerá no seu coração – que é absolutamente verdadeiro, que é parte da eternidade. Mas que não é um a necessidade, é um luxo.”

Pág.75

“As dificuldades têm de ser removidas, os obstáculos têm de ser destruídos – então o amor será o seu ser natural, espontâneo.”

Sem comentários:

Enviar um comentário