sexta-feira, 12 de março de 2010

Amor, Liberdade e Solidão, Osho - Liberdade


Pág.139

“A vida poderá tornar-se um paraíso aqui e agora. As barreiras têm de ser removidas.”

“Existe um medo subtil da liberdade, e toda a gente quer ser escrava. Toda a gente, claro, fala sobre liberdade, mas ninguém tem coragem de ser realmente livre, porque quando se é realmente livre, está-se só. Se tem a coragem de estar só, só então pode ser livre.”

Pág.140

“Quando está só, desejará alguma escravidão, alguma servidão. Quando se encontra numa situação de servidão, começará a desejar ser livre. Só os escravos desejam a liberdade e só as pessoas livres tentam de novo ser escravas. A mente funciona como um pêndulo movimentando-se de um extremo para o outro.”

“Lembre-se disto e, sempre que estiver a fazer algo, procure no fundo de si e descubra a sua causa básica.”

Sem comentários:

Enviar um comentário