quarta-feira, 12 de maio de 2010

Paulo Coelho – A Bruxa de Portobello


Págs.76 e 77

“Nascemos, crescemos e fomos educados com a máxima: tempo é dinheiro. Sabemos exactamente o que é o dinheiro, mas qual o significado da palavra tempo? O dia compreende 24 horas e uma infinidade de momentos. Precisamos de ter consciência de cada minuto, de saber aproveitá-lo naquilo que estamos a fazer ou apenas na contemplação da vida. Se desacelerarmos, o tempo prolonga-se.”

Sem comentários:

Enviar um comentário