sexta-feira, 21 de maio de 2010

Paulo Coelho – A Bruxa de Portobello

Pág.159

“Tente sentir-se bem quando achar que é a última das criaturas. Não acredite que está mal: deixe que a Mãe possua o seu corpo e a sua alma, entregue-se através da dança e do silêncio, ou das coisas mais banais da vida – como levar o filho à escola, preparar o jantar, ver se a casa está bem arrumada. Tudo é adoração – se estiver com a mente concentrada no momento presente.”

Sem comentários:

Enviar um comentário